sábado, 28 de janeiro de 2012

Música: Obsessão

Letra: OBSESSÃO – Folk Rock escrito em 17/10/2011
Autor: Sidney Santborg

No meio do deserto.
Você se acha esperto.
Porque não tem ninguém pra te contrariar.

No meio do deserto.
O medo que é esperto.
Inconsciente foge para não se encontrar.

Seu pensamento é um tormento.
Um corre-corre sem sair do lugar.
Se te perguntam... dá má resposta.
Só não suporta alguém lhe questionar!

Mas se alguém vier lhe perguntar...
Por que é que age assim?
Inventa mil desculpas...
E diz o mundo é contra mim...
Uma obsessão que não tem fim!

Seu pensamento é um tormento.
Um corre-corre sem sair do lugar.
Se te perguntam... dá má resposta.
Só não suporta alguém lhe questionar!

E se tenta ficar na moral...
Só não esquece o seu Gadernal...
Para não surtar.
Para não estressar.
Para não ficar...
De novo na obsessão!

No meio do deserto.
Você se acha esperto.
Porque não tem ninguém pra te contrariar.

No meio do deserto.
O medo que é esperto.
Inconsciente foge para não se encontrar.

domingo, 22 de janeiro de 2012

Música: Loucuras de Amor

Letra: LOUCURAS DE AMOR – Funk, escrito em 08/01/2004
Autor: Sidney Santborg

Loucuras de amor, loucuras de paixão, quando eu te vi... Bateu forte o coração!
Loucuras de paixão, loucuras de amor, depois que a gente faz... Vê o mico que pagou!

Quem foi que nunca se apaixonou?
Quem foi que nunca acreditou em um amor?
Fez mil loucuras só para agradar...
Mas foi só um chute que pôde arranjar!
Mas não fique triste não...
Pra tudo tem uma solução!
Só se consegue esquecer...
Quando um novo amor aparecer!

Loucuras de amor, loucuras de paixão, quando eu te vi... Bateu forte o coração!
Loucuras de paixão, loucuras de amor, depois que a gente faz... Vê o mico que pagou!

Mas não adianta se esconder...
Isolar-se do mundo nada a ver!
Enxugue essa lágrima que cai...
Pois a alegria só vem.
Para quem vai atrás!
Por isso estou aqui.
Querendo dizer.
Que a minha alegria é você!
Que a minha alegria é você!

Loucuras de amor, loucuras de paixão, quando eu te vi... Bateu forte o coração!
Loucuras de paixão, loucuras de amor, depois que a gente faz... Vê o mico que pagou!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Preto e Branco

Texto:  PRETO E BRANCO –  Escrito em 10/08/2011
Autor: Sidney Santborg

Sufocar esse amor.
Que tanto me inspirou...
Sufocar esse amor.
Que foi embora e não mais voltou...

Não vou falar de solidão.
Nem vou cantar decepção.
Foi o destino que mudou a direção.
Nas linhas mal traçadas...
Às vezes só pontilhadas.
Sempre encontrava palavras para expressar...
Tudo que eu sentia.
Tudo que me movia.
E não tinha coragem para contar.

Sufocar esse amor.
Que tanto me inspirou...
Sufocar esse amor.
Que foi embora e não mais voltou...

As coisas que pensei.
No  meu mundo desenhei...
Mas me faltou a tinta para pintar.
Está tudo preto e branco.
O cinza causa espanto.
E assim eu não quero publicar!

Sufocar esse amor.
Que tanto me inspirou...
Sufocar esse amor.
Que foi embora e não mais voltou...

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Frases

FRASES
Sidney Santborg

Procurando fazer algo diferente, hoje vou deixar algumas frases.

"Nada como manter a clareza nas palavras e a pureza dos sentimentos... Acho que se soubermos colocar nossas palavras de forma a descrever verdadeiramente o que sentimos, nos fazemos entender de forma clara e precisa."

"Querer ser perfeito para os outros é uma sentença condenatória à rejeição, seja perfeito para o bem e para sua consciência."

"O sonho é o impulsionador de nossa vida. Por ele conseguimos força para lutar! Quando paramos de sonhar, deixamos de viver."
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EU APOIO!

Vídeos referentes a Sidney Santborg

Loading...