quinta-feira, 27 de junho de 2013

Nova Oportunidade















Texto: NOVA OPORTUNIDADE
Autor: Sidney Santborg

Diante de uma possibilidade que sempre quis.
Da nova oportunidade de ser feliz...
Não é distante como sempre acontecia,
As viagens que eu precisava fazer, mas não me movia.
Porque quanto mais próximo estava do meu coração.
Mais longe ficava do toque da minha mão.
Isso acabava me frustrando e me entristecendo.
Pois o que começava forte, acabava enfraquecendo.
E eu voltava a minha busca constante e insana...
Medos, receios, na defensiva. Mas fugindo do drama.
De somente vivenciar a distante realidade.
Nos sonhos, onde podia viver de verdade.
Esperando o meu momento acontecer.
Criando planos para enfim tentar viver.
Vejo o horizonte e percebo que algo está acontecendo.
Aparece um brilho nos olhos ao ver o sol nascendo.
A expectativa toma conta de mim e surge motivação.
Passo a ver de forma diferente o que via sem emoção.
A tristeza dá lugar a uma imensa alegria.
A frieza transforma-se em calor que já não existia.
E no meu peito posso sentir algo maravilhoso.
O palpitar de um coração que começa a bater de novo.
Inicia-se uma nova vida e não sei como vou ficar.
Mas acredito nesta nova oportunidade de voltar a amar.

Imagem:http://antonioramosalves.blogspot.com.br/

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Manifestação no Rio de Janeiro

















Estive participando da manifestação que aconteceu no Centro do Rio de Janeiro nesse dia 20/06. Em vários momentos me emocionei com a forma pacífica que ia transcorrendo e com a beleza do movimento. Vi muitos jovens com objetivos e foco que estavam ali para participar de uma mudança. Vi estudantes uniformizados surgirem buscando seus direitos; vi senhores e senhoras acreditando na força do movimento; vi um povo que queria dar um basta à falta de respeito com que a população vem sendo tratada. Assim como vi também pessoas que nem sequer sabiam por que estavam ali, mas queriam participar. Emocionei-me ao cantar o Hino Nacional junto da multidão, por alguns minutos gritei de punhos erguidos formando o coro de milhares de vozes representando um Brasil do qual faço parte e tenho orgulho.
Porém, fiquei triste com a atitude de alguns que vão a esses movimentos realmente focando um enfrentamento e para estragar tudo. Fiquei horrorizado com o vandalismo que acaba acontecendo por parte de pessoas que não tem nenhum comprometimento com o que está acontecendo e com o Brasil; estão ali por baderna!
São vândalos que se infiltram no movimento e estão ali com uma indignação que não tem causa de existir. Querem apenas fazer o quebra-quebra, para sentir a adrenalina e dizer que participaram de algo em prol do Brasil, mas que na verdade prejudica nosso país, e todo um movimento que tem como objetivo buscar o que nos é de direto e lutar contra políticos corruptos e sua administração feita de forma errada, e contra os absurdos projetos apresentados para satisfazerem os seus anseios.
Sou a favor da livre manifestação; sou a favor de exigirmos os nossos direitos e lutarmos para que nosso país seja um lugar melhor para se viver... Contudo, sou contra o vandalismo e contra essas pessoas que vão de máscaras para praticarem a destruição do nosso patrimônio, que foi construído com nosso dinheiro. Assim, como também não faz sentido sair quebrando o patrimônio privado, tanto de pequenos ou grandes empresários que apostam e investem no Brasil.
Sempre irei apoiar a luta por melhores condições em nosso país e sempre que puder irei aos movimentos representativos do nosso povo. Isso faz parte de ser brasileiro. Mas jamais irei ser a favor de vandalismo e de pessoas que, utilizando uma ideologia deturpada, saem às ruas para mancharem e enfraquecerem o movimento.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Minhas Pupilas

 

Texto: MINHAS PUPILAS
Autor: Sidney Santborg

As minhas pupilas estavam dilatadas...
Desapontado, não conseguia ver nada.
Estava sozinho quando adormeci...
Na madrugada, muito frio senti.
Tentava com as cobertas me aquecer.
Mas estava tão acostumado a ti ter...
Infelizmente, a chama se apagou.
Sem seu fogo, meu coração congelou.
E estou tentando seguir em frente.
Sei que um dia tudo vai ser diferente.
Você se foi e não vai mais voltar.
Quero dormir e parar de lembrar...
Porque sei que hoje é noite fria.
Mas amanhã será um novo dia.
Uma nova chama irá se acender.
Então, vou poder me aquecer.
Minhas pupilas não se dilatarão.
E poderei sentir o meu coração...
O sol de imediato voltará a brilhar.
E eu novamente voltarei a amar.

Imagem: click ideia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EU APOIO!

Vídeos referentes a Sidney Santborg

Loading...