quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Conspiração do Mundo

















Texto: CONSPIRAÇÃO DO MUNDO
Autor: Sidney Santborg

Sabe aquele dia em que tudo que você quer é dormir um pouco mais?
Eu estava assim, acordei e queria não acordar... Pelo menos, não naquele momento. Mas parecia existir uma conspiração do mundo contra esse sono... E não adiantava colocar o celular só para vibrar, tinha que desligar mesmo. Pois o que parecia era que o mundo estava acabando e eu detinha a chave que libertaria todos os seres da destruição total. Era assim que eu estava entendendo, já que todos tinham algo a me dizer naquele dia. Verdadeiramente era um complô.
Sim, percebi que era isso, porque até os pássaros resolveram cantar com mais entusiasmo e bem mais próximo à minha janela... O vento soprava raivoso adentrando a casa e furiosamente batendo as portas, movimentando todo o planeta que naquele momento era a minha casa...
E eu começava a me virar para os lados. A cada despertar um novo lado; era uma nova oportunidade de voltar a habitar o mundo dos sonhos... Os travesseiros foram usados como tampões nos meus ouvidos, porém isso não adiantou... Porque os barulhos e as intempéries não tinham fim.
Ensaiei me levantar e completamente dopado com o sono, que queria sonhar, me sentei na cama e por alguns segundos minhas pálpebras pesaram, cobrindo meu globo ocular e entrelaçando os meus cílios. Voltei a cochilar... Novamente aconteceu a revolta dos deuses dos sons, que resolveram atacar meus tímpanos... Era o caminhão do gás, que passava tocando aquela música clássica, que em minha opinião, desagradável soava... Principalmente por ter como solista o cachorro do vizinho, que não conseguia ficar parado e uivava como se aquela canção trouxesse sua amada; acho que era isso que ele pensava. Então, decidi... Tenho que levantar!
Fiquei de pé e fui arrastando os chinelos, com as pernas cansadas e o corpo pesando uma tonelada, me dirigi ao banheiro, demorou pouco já estava debaixo do chuveiro... Senti naquele banho frio o despertar. Era a energia que precisava para o corpo revigorar... Agora, era eu que começava a cantar, parecia que já começava a entender o que o mundo queria me dizer.
Depois do banho, tomei um café reforçado... Olhei para o dia, ele estava iluminado. Decidi então aproveitar o feriado.  Olhei a carteira, mas estava vazia... Não tinha grana, nem eu entendia. Mas mesmo assim, pensei: "eu vou sair!" . Então, seguindo o que minha mente dizia, eu parti...
Antes de chegar à condução olhei para o chão...  Eu nem acreditei, vinha uma nota trazida pelo vento, com uma onça rosnando em minha direção. Olhei para os lados ninguém percebi, sem dúvidas começava a acreditar na tal conspiração. Aquela nota agora iria se aconchegar na minha carteira que a engoliu com frieza.
Já partindo para algum lugar, que nem eu sabia onde queria chegar, me veio a confirmação... O mundo não estava contra mim, e sim ao meu favor. De repente, como encantamento, meu coração disparou, meus olhos fixaram uma beleza e logo descobri o amor. Que me apareceu do nada, do meu lado e se sentou... E disse com um olhar apaixonado, como você demorou. Não acreditei no que estava acontecendo... Belisquei-me, mas não acordei... Aquilo era de fato algo diferente. Então, percebi que me olhava sorridente... Senti o toque da sua pele e sua perna roçando a minha... Uma chama em mim se acendia e o corpo já sentia uma mudança que visivelmente constrangia. Aquele olhar queria me dizer algo, então me aproximei e com a certeza de um amor correspondido beijei com intensidade...
Logo, tudo estava se transformando, uma música clássica tocando e o cachorro do vizinho uivando. O vento batendo a porta, meu celular vibrando e até os pássaros na minha janela estavam cantando. E agora realmente estava acordado, era de fato uma conspiração do mundo dizendo que eu estava atrasado, pois precisava trabalhar, não era feriado!  

Imagem: www.overmundo.com.br

domingo, 10 de novembro de 2013

Observando o Tempo Passar















Texto: OBSERVANDO O TEMPO PASSAR
Autor: Sidney Santborg

Estou parado neste lugar... Observando o tempo passar.
Hoje não pude sair... Fiquei aqui! Tinha tantos lugares para ir.
Mas me vi enclausurado no meu pequeno, escuro e triste quarto.
Meu corpo não estava muito bem, não me sentia saudável...
Resolvi abrir a janela e fiquei observando o tempo passar.
Embora meu espírito estivesse passeando por lugares abertos.
Viajando por espaços que somente na minha mente podia ver.
Como pode o tempo está fechado em mim, se lá fora o sol brilha?
Como pude ficar assim, neste dia? Seria especial e me alegraria.
Mas estou aqui... De molho! Só observando o tempo passar.
Será um resfriado? Mas hoje nem está gelado! E eu aqui parado...
Trancado no meu quarto... Só observando o tempo passar.
Talvez se eu tivesse me esforçado; o corpo reagiria diferente...
Contudo, não me sentia realmente preparado para sair.
Além do corpo pesado, meu semblante estava enfadado.
Como me animar se no espelho eu me via desfigurado?
Triste, abatido e com o nariz entupido... Estava quase sem ar.
Não tinha jeito, mesmo a alegria estando lá fora, eu não a sentia.
Então, fiquei assim durante todo o dia... Observando o tempo passar.
Tentei aproveitá-lo e fazer algo diferente, mas o sono me consumia.
Era o efeito dos medicamentos ingeridos para poder logo melhorar.
E realmente constatei que o dia estava perdido, só a cama me abraçava.
Só nela encontrava aconchego e o calor que o meu corpo precisava.
O dia acabou e ficou uma sensação de perda... Isso é fato!
A noite chegou, mas pude sentir o calor... Era uma reação boa.
Pois o corpo, ora congelado, despedia-se da frieza do dia...
E novamente sentia uma energia no quarto me trazendo vida.
Agora me sentindo um pouco melhor, resolvi continuar a me cuidar.
Até me recuperar por completo e ver a luz do sol do outro dia.
Enquanto isso não acontece, fico aqui imaginando algo diferente.
Com você na minha mente e só observando o tempo passar.
Para quando tudo isso acabar e eu melhorar, enfim poder te ver.
E curtir os bons momentos... Sem ficar observando o tempo passar.

Imagem: http://serfelizeserlivre.blogspot.com.br/ 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EU APOIO!

Vídeos referentes a Sidney Santborg

Loading...