sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Reverso












Texto: REVERSO
Autor: Sidney Santborg

Dizem que o tempo passa... Sim, passa e rápido!
Dizem que o tempo voa... Sim, voa na velocidade da luz.
Lembro-me da infância quando o tempo não importava.
Da adolescência, que ansioso esperava o tempo certo...
O tempo de viver com liberdade; o tempo de ser grande!
Dono da direção e dos caminhos a seguir na vida...
O tempo de viver as experiências marcantes da evolução.
Não só do mundo, mas do todo enclausurado no interior...
Mas as descobertas são instigadas pelo objeto do não ser.
E conduzida pelos moldes de uma forma predefinida...
A própria personalidade induzida pelos ditames “corretos”.
Quando o que se faz evidente é o reverso do ser.
Tornando a fase atual aflitiva e sobremaneira apelativa.
Moldando seres para exacerbada ilusão da magnificência...
Exposta como condição capaz de mensurar valor humano.
Onde se achar o todo, pode tornar sua a parte dos outros...
Inversão daquilo que outrora existia ou tentaram passar.
Distorção, confusão, inversão, apelação, maldição...
A realidade como utopia em um mundo de horror.

Imagem: bloglaurabotelho.blogspot.com

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Coisa de Alma














Texto: COISA DE ALMA
Autor: Sidney Santborg

Um sentimento que se faz presente e eu não consigo explicar.
Uma dor latente que emana do fundo da alma e não quer passar...
O vento parece estar conduzindo meu corpo e os pensamentos.
Estou andando por andar, sem rumo numa direção desconhecida.
Hoje não queria parar e ficar comigo mesmo... Só queria você.
Queria-te do meu lado, sentir o toque de sua pele e sonhar acordado.
Transformando os instantes em inesquecíveis momentos felizes.
Queria só um abraço e sentir o seu coração bater junto ao meu...
Não queria só amasso, queria apenas descansar em seus braços.
Poder sorver o cheiro e me deliciar com a química do seu corpo.
Mas você não está aqui e nem me permitiu tentar encontrá-la...
Mesmo estando longe estranhou a minha inquietação em vê-la.
Não é excitação passageira que se desfaz com o simples gozo...
É coisa de alma que vem de dentro de um coração apaixonado.
Que não consegue ver e insiste em bater sentindo de verdade.
O que muita gente tenta esconder e é incapaz de dizer. Amo-te!

Imagem: mylifeasdessa.blogspot.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EU APOIO!

Vídeos referentes a Sidney Santborg

Loading...