sábado, 26 de agosto de 2017

Porto-Seguro

















Texto: PORTO-SEGURO
Autor: Sidney Santborg

Gostaria de ser seu porto-seguro.
Aquele lugar onde chega e quer ficar...
Descansar das fadigas e das ilusões do mundo.
Onde eu possa te envolver no meu abraço e te fazer relaxar.
Sem pensar no tempo e sem pensar em nada.
Apenas curtir o momento e querer pra sempre estar.
Não por uma obrigatoriedade,
Mas simplesmente por se sentir protegida,
Por sentir-se cuidada e verdadeiramente amada.
Sem as asas cortadas, sem gaiolas para te aprisionar...
Sem correntes e bolas de ferro, sem tornozeleiras eletrônicas,
Sem as amarras do que quer controlar.
E com as portas e janelas abertas para quando quiser voar.
Venha para a segurança do meu porto!
Nessa viagem, desembarque no meu aeroporto.
Não são necessárias bagagens... Somente as que a vida te deu.
Mas traga o seu coração,
Porque é nele que vais guardar tudo que viverás comigo.
E isso te alimentará pra sempre quando eu não mais estiver aqui...
Disponível para te oferecer o meu porto-seguro e todo o meu amor.

Imagem reirada do blog: duplararidade

3 comentários:

  1. Que crônica linda,o amor a mizade funciona assim mesmo, sem nó, sem amarras,saudades de você e parabéns.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EU APOIO!

Vídeos referentes a Sidney Santborg

Loading...