segunda-feira, 17 de março de 2014

Amor, a Alma do Corpo















Texto: AMOR, A ALMA DO CORPO.
Autor: Sidney Santborg

Mais um dia começou e eu fiquei aqui...
Mais um dia terminou e eu estou assim...
Sem saber que caminho seguir...
Parado, sem saber para onde ir...
Esperando respostas que nunca vêm...
Esperando alguém que não sei se vai existir.
Dizem que “todo pé cansado tem um chinelo velho”.
Dizem que “toda tampa tem sua panela”.
Mas essa busca me cansa!
Cansa-me ver o mundo sem a poesia.
Cansa-me imaginar a musa inspiradora.
Cansa-me a verdade da arte mentirosa.
Cansa-me o grito sufocado pelo medo.
E aquela lágrima que não cai...
É aquela dor que não sai...
Deixando uma ferida interna.
Deixando oco meu coração!
Deixando o vazio em minha alma...
Quero a motivação para a poesia!
Quero a inspiração para a vida!
Quero a metade do meu coração!
Quero a alma para o meu corpo...
Eu quero encher-me de amor.
E não vagar pelo mundo sem direção.
Como um espírito perdido nas trevas...
Em busca da luz para a sua salvação.

Imagem: cleofas.com.br

3 comentários:

  1. Que lindooooooo! Sou sua fã, você brinca com a poesia, pra mim ela faz parte de você!
    Beijo, beijo!
    She

    ResponderExcluir
  2. Sidney,

    você sabe como ler a alma, conversar com os segredos internos e inspirar pessoas. Adorei como sempre. Beijos, Adriana Vargas

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EU APOIO!

Vídeos referentes a Sidney Santborg

Loading...