domingo, 28 de setembro de 2014

A Tormenta




















Texto: A TORMENTA
Autor: Sidney Santborg

Já sonhei muito...
E pensei em muitas coisas.
Porém elas só existiam em minha mente.
Vi a imensidão de um céu pintado de azul.
Mas a cor somente existia no meu coração.
Porque as nuvens pesadas já anunciavam.
O que estava por vir em cores acinzentadas.
Trovões e relâmpagos escureciam meu dia.
Contudo os meus olhos nunca viam...
Ou fingiam uma cegueira compelida.
Por um sentimento existente em mim.
E a tempestade apareceu como anunciada.
Despencou com uma enxurrada de lágrimas.
E eu me vi sem saber como me proteger...
Um estranho ali sem saber para onde correr.
Vendo um céu negro caindo sobre a cabeça.
Ouvindo o vento soprar e confundir a mente.
Um louco solitário em uma cidade abandonada,
Sem nenhuma alma viva ou uma alma fantasma.
Que pudesse vagar comigo pelas ruas alagadas.
Por isso tenho medo de sair sem a capa de chuva.
Se bem que para tempestade nem mesmo ela ajuda.
A gente se molha e se suja... O frio é a companhia!
Mas carregá-la junto comigo me dá uma segurança.
Pode ser um paliativo para me ajudar na mudança.
Do clima tempestuoso que se instalou em mim...

Imagem: galahadgnostica.blogspot.com

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EU APOIO!

Vídeos referentes a Sidney Santborg

Loading...