quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Minha Estrada

Texto: MINHA ESTRADA
Autor: Sidney Santborg

Andar em uma estrada, onde cada vez que percorro sinto-me distante...
Distante de onde? Distante de quê? Distante de quem?
Distante do mundo... Ou simplesmente, distante de mim...
Percorrendo em passos lentos, quando eu queria na velocidade da luz...
Numa caminhada, onde não consigo visualizar o final, mas o objetivo é chegar...
Ver a linha do horizonte e não conseguir alcançá-la porque é infinita.
Mesmo assim não desistir de tentar... Porque a cada passo ela se transforma.
Como em uma miragem no deserto, eu vejo perto, mas pode estar tão longe...
Chego até me questionar se existe...  De imediato reconsidero.
A visão fica embaçada com o nevoeiro existente no caminho.
Contudo, no meu íntimo a certeza que logo o sol brilhará...
E clareará aquele percurso, que por alguns instantes me pareceu turvo.
Mas era só a covardia fazendo-me acreditar em monstros...
Porém, sei que são apenas simulacros do receio.
É o medo me pregando a peça do "não vai conseguir..."
Por mais difícil que pareça a minha estrada, sei que ela me conduzirá.
As dores, os sofrimentos e as aflições são apenas obstáculos a vencer.
Porque ao final tudo dará certo... E eu encontrarei a minha felicidade.

Um comentário:

  1. Estamos sempre mudando. É sempre bom encarar o que surge e não ficar no mesmo lugar. É muito bom não se acomodar, perceber que somos uma metamorfose ambulante.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EU APOIO!

Vídeos referentes a Sidney Santborg

Loading...