sexta-feira, 12 de abril de 2013

Novelo de Linhas



Texto: NOVELO DE LINHAS
Autor: Sidney Santborg

De tudo que me falta, sua falta é a maior...
De tudo que tenho; nada tenho sem você.
Vivo tentando buscar meios de sobreviver.
Vivo a sombra do receio de me perder...
Perder no caminho, na estrada e na vida.
Mas estou querendo acertar nas escolhas...
Se me faltam forças para te buscar,
Meu coração insiste em me alimentar.
São sentimentos que trazem um sorriso aos lábios.
Consolando minha pobre alma cansada de ilusão.
Desejo enormemente te encontrar.
Mas me falta a certeza se irei te reconhecer.
Tudo é tão deturpado pelos conceitos existentes.
Que acabo te imaginando como diferente.
Realmente é difícil ver com o coração.
Se nos olhos já existe um insensato padrão.
E se este coração já se enganou por demais...
Os dias passam e o novelo de linhas está enrolado.
Quando encontro o fio, descubro que era apenas fiapo.
E permanece a minha tentativa de fazê-lo desenrolar.
Sigo puxando a linha que me parece perfeita.
Mas às vezes ela corta como uma navalha afiada.
Então, percebo que preciso de tempo e retrocedo.
Esperando cicatrizar a ferida causada pelo cerol.
Cada rasgo na carne é um aprendizado.
Infelizmente isso parece necessário.
Até que eu descubra a ponta da linha.
Que desenrolará o novelo e irá coser.
Juntando os corações que estão cortados.
E unindo as vidas que estão em retalhos.

Imagem: baliar.blogspot.com

2 comentários:

  1. Espero que você consiga encontrar a ponta do novelo e desenrolá-lo sem se cortar...
    Gostei muito do seu texto. Parabéns!

    sweet--hope.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Jéssica! Sim, a gente vai tentando e acreditando que um dia vai finalmente desenrolar o novelo. E quando isso acontecer, a alegria desse momento vai ser maior que a dor dos cortes sofridos. Bjs!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

EU APOIO!

Vídeos referentes a Sidney Santborg

Loading...